Psicologia

Apoio Psicopedagógico


Com o apoio psicopedagógico pretendemos avaliar e intervir nas necessidades e dificuldades das crianças e adolescentes, que possam estar relacionadas com o insucesso escolar a diversas disciplinas, como o método de estudo ineficaz, a má gestão dos tempos de estudo e a falta de capacidade de concentração.

Os objectivos do apoio psicopedagógico são a promoção do sucesso escolar e melhoria de rendimento escolar, através de:
* identificação das causas de insucesso escolar;
* aprendizagem de métodos e técnicas de estudo;
* aprendizagem da gestão de tempo;
* promoção de motivação, autonomia, auto-confiança e maturidade, necessárias à auto regulação do processo de ensino-aprendizagem;
* recuperação de competências base mal adquiridas em anos lectivos anteriores;
* estratégias para evitar a procrastinação.

Temos como objectivo, ainda, que o foco de intervenção normalmente centrado na criança, seja alargado nesta consulta à rede de educadores/professores, à família, bem como a todo o ambiente sócio-afectivo envolvente.
Deste modo, esperamos alcançar uma perspectiva abrangente de intervenção em que o principal objectivo consiste em atingir uma melhor qualidade de vida para o todo, que constitui a unidade familiar.

O apoio psicopedagógico contribui para o sucesso escolar!


Preço: 20€ por sessão


Orientação Escolar e Vocacional


A Orientação Escolar e Vocacional é uma técnica própria da psicologia que tem como objectivo estrito aconselhar os jovens em idade escolar, na pesquisa das suas capacidades e aptidões, interesses, motivações e valores profissionais e das tomadas de decisões.

No momento em que concluem a escolaridade obrigatória (final do 9º ano), os alunos integrados no Sistema de Ensino Português, confrontam-se com a com a primeira tomada de decisão (que área seguir no secundário, que formação profissional escolher).
Por volta dos 15 anos de idade são assim chamados a optar e fazem-no no decorrer do período da adolescência, com todas as dúvidas e mudanças internas que este período acarreta. Nesta etapa do desenvolvimento humano, os jovens procuram conciliar o abandono da infância com a iminente entrada na vida adulta, definem-se, ganham uma nova e emergente consciência de si e questionam-se, obtendo respostas que lhes proporcionam auto-conhecimento e os ajudam a estruturar-se em termos da construção da sua identidade.

De uma forma sistemática, todos os alunos devem realizar consultas de orientação antes do final do 9º ano de escolaridade, de modo a preparar uma boa decisão acerca da área académica por onde devem prosseguir os seus estudos ou decidir se pretendem finalizá-los e enveredar pela vida profissional.

Geralmente, as entrevistas de orientação escolar e vocacional, são efectuadas em 3 sessões, nas quais se utiliza a entrevista livre ou semi-dirigida, fornecimento de informação sobre a realidade escolar ou mundo profissional, assim como se realizam questionários e teste específicos que dão uma noção e apoio ao aluno na tomada de consciência da sua realidade vivencial e como indivíduo, com relevância na área da escolha de uma vida profissional.

As sessões são estruturadas da seguinte maneira:

1ª sessão
Entrevista inicial
Realização de testes de aptidões e de interesses profissionais

2ª sessão
Informações sobre as diferentes áreas, sistemas de ensino, formação e profissões.

3ª sessão
Entrevista final
Discussão dos resultados e aconselhamento
Entrega de relatório.

* Deixando sempre em aberto a necessidade de mais uma sessão.

Preço: 30€ por sessão